A+ / A-

Três mil professores e 120 mil alunos vão poder aprender programação gratuitamente

06 nov, 2023 - 08:24 • Lusa

Criado há dez anos nos EUA, o movimento internacional Code.org chega a Portugal com o objetivo de alargar o ensino da programação a crianças e professores.

A+ / A-

Mais de 120 mil alunos e três mil professores de escolas portuguesas vão poder aprender gratuitamente programação através da organização sem fins-lucrativos Code-org.

Contando com os professores neste processo, o programa tem já disponíveis 200 bolsas de formação para que os docentes possam aprender noções básicas de programação e aplicá-las nas suas salas de aulas, independentemente das disciplinas que lecionam.

Todos os professores, desde o pré-escolar ao secundário, podem inscrever-se, sendo que a meta é dar formação a três mil docentes nos próximos três anos.

Para isso, existem conteúdos gratuitos disponíveis na plataforma da Code.org: são 28 módulos online que os professores podem assistir ao seu ritmo, e quatro webinars para ajudar a implementar um projeto final na sala com os alunos.

A formação, acreditada pelo Centro de Formação da Associação Nacional de Professores de Informática, vai ter uma duração de 50 horas e conta para a progressão de carreira dos professores, garante a Fundação Santander.

"Sendo uma plataforma aberta e gratuita, a Code.org está a contribuir para reparar o elevador social, proporcionando o acesso a todos e contribuindo para uma sociedade mais inclusiva. A programação deve tornar-se cada vez mais numa linguagem que se aprende desde muito cedo, tal como outras línguas essenciais. No futuro, todos vamos precisar de saber 'falar' a linguagem da programação", afirmou Inês Oom de Sousa, presidente da Fundação Santander Portugal, em declarações à Lusa.

Será também lançada a campanha "Hora do Código", que consiste em eventos de uma hora em que as crianças podem contactar pela primeira vez com a programação, através de vídeos, jogos e atividades.

A ideia é ensinar crianças e jovens a programar preparando-as para as profissões do futuro, tendo em conta o recente relatório do Fórum Económico Mundial, que estimou que vão ser eliminados 83 milhões dos atuais 673 milhões postos de trabalho e que as profissões mais procuradas no futuro serão na área tecnológica (desde analistas e cientistas de dados, a especialistas em big data ou em inteligência artificial e profissionais de segurança cibernética).

A Code.org conta com vários embaixadores, desde Barack Obama, Joe Biden, Bill Clinton e o canadiano Justin Trudeau a Bill Gates, Jeff Bezos, Mark Zuckerberg, Susan Wojcicki ou Sheryl Sandberg.

O cantor Bono, a ativista Malala, o empresário inglês Richard Branson ou a presidente executiva do Grupo Santander, Ana Botín, são outros dos embaixadoras de iniciativa que surgiu há uma década nos Estados Unidos da América e hoje conta com a participação de mais de 80 milhões de alunos.

Na plataforma da Code.org estão registados mais de 80 milhões de alunos e mais de 100 milhões já participaram em iniciativas "Hour of Code" a nível global, refere o Santander.

[notícia atualizada às 11h14 de 6 de novembro de 2023]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+