A+ / A-

Obras de manutenção fecham Funicular dos Guindais no Porto

02 nov, 2023 - 14:43 • Lusa

Encerramento acontece na segunda-feira. O funicular deverá abrir ao público no primeiro trimestre de 2024.

A+ / A-

O Funicular dos Guindais, no Porto, vai estar encerrado a partir de segunda-feira para obras de manutenção, devendo reabrir no primeiro trimestre de 2024, anunciou esta quinta-feira a Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP).

Aberto ao público desde 2004, o Funicular dos Guindais funciona através de um sistema de comando que permite a deslocação das cabines entre as estações [da Batalha e da Ribeira]. Dado que este sistema, composto por autónomo e mesa de controlo, foi instalado há vários anos e não utiliza a mais recente tecnologia, é necessária a substituição de todos os seus componentes, explica em comunicado a empresa.

Neste contexto, informa a STCP "os titulares de cartão Porto. e assinaturas mensais Andante, com zona PRT1, terão à disposição um "shuttle" de nove lugares, que garantirá o transporte entre as estações da Batalha e da Ribeira. O serviço está disponível todos os dias, entre as 08h00 e as 20h00, com frequência de 20 minutos. É imprescindível a validação do cartão na estação da Ribeira, independentemente do sentido da viagem".

"A reabertura está prevista para o primeiro trimestre de 2024", estima a empresa.

O Funicular dos Guindais é uma das infraestruturas a cargo da STCP Serviços, no seguimento do Contrato Programa realizado com a Câmara Municipal do Porto, acrescenta.

"Só este ano, viajaram no funicular mais de 460 mil pessoas, sendo que cerca de 100 mil são munícipes com cartão Porto. e clientes Andante", divulgou a STCP.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+