Tempo
|
A+ / A-

Prisão preventiva para quatro suspeitos de tráfico de droga detidos pela GNR de Leiria

21 out, 2023 - 14:42 • Lusa

Já foram detidas 24 pessoas e apreendidas mais de 7.200 doses de droga no decurso da mesma operação.

A+ / A-

Quatro dos 14 detidos na quarta-feira numa operação de combate ao tráfico de droga em Leiria, Coimbra e Nazaré vão aguardar o desenvolvimento do inquérito em prisão preventiva, disse este sábado fonte da GNR.

Segundo a mesma fonte, dos 12 arguidos presentes a primeiro interrogatório judicial, três homens e uma mulher ficaram em prisão preventiva.

Aos restantes oito foi aplicada a medida de coação de apresentações periódicas às autoridades (que varia entre uma vez e quatro vezes por semana), além de que sete arguidos ficam também proibidos de contactos entre si, revelou este responsável da Guarda Nacional Republicana.

Na quinta-feira, a GNR anunciou que tinha detido 14 pessoas numa operação em que foram cumpridos 10 mandados de busca domiciliária e 11 mandados de detenção emitidos pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria.

Dois homens, de 21 e 25 anos suspeitos de posse de arma proibida, foram sujeitos a termo de identidade e residência e acabaram por ser restituídos à liberdade.

Os outros 12 detidos, sete homens e cinco mulheres, com idades entre os 20 e os 62 anos conheceram este sábado as medidas de coação aplicadas pelo juiz de instrução criminal.

De acordo com a GNR, "no âmbito de um processo de investigação de tráfico de estupefacientes que já teve várias operações, na quarta-feira foi desenvolvida uma operação na Cova das Faias [Leiria], também no centro de Leiria, Coimbra e em Famalicão, na Nazaré".

Nesta operação, foram apreendidos "66.390 euros em numerário, três viaturas ligeiras e 37 telemóveis".

A GNR apreendeu ainda "51,08 gramas de cocaína (255,4 doses), quatro gramas de haxixe (oito doses), cinco armas (três brancas e duas espingardas de ar comprimido) e 16 cartuchos", além de uma coluna de som e um televisor.

"Os arguidos não têm profissão conhecida e alguns têm relações familiares entre si", referiu a fonte da GNR, que atribui ao grupo a responsabilidade pela transação de droga na região.

No decurso desta investigação foram já detidas 24 pessoas e apreendidas mais de 7.200 doses de droga.

Esta ação foi desenvolvida pelo Destacamento Territorial de Leiria da GNR, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC), e foi reforçada por militares da Secção de Informações de Investigação Criminal deste comando, e pelos NIC de Pombal e Caldas da Rainha.

Participaram ainda os destacamentos de Intervenção de Leiria e Santarém, o Grupo de Intervenção Cinotécnica e Grupo de Intervenção e Ordem Pública (ambos da Unidade de Intervenção da GNR) e Polícia de Segurança Pública, com um total de cerca de 80 elementos, número atualizado por esta força de segurança após inicialmente ter avançado que eram 70.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+