Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Risco de ameaça terrorista em Portugal aumenta de "moderado" para "significativo"

20 out, 2023 - 19:21 • Inês Braga Sampaio

SIS considera "existirem condições" que justificam a alteração, após o escalar do conflito Israel-Hamas, que "acrescentou mais complexidade à ameaça terrorista de matriz islamista na Europa".

A+ / A-

O Serviço de Informações de Segurança (SIS) aumentou o grau de risco de ameaça de terrorista em Portugal de "moderado" para significativo.

Em comunicado, esta sexta-feira, o Sistema de Segurança Interna (SSI) revela "existirem condições que justificam a alteração do grau de ameaça terrorista em Portugal de 'moderado' para 'significativo'".

A decisão foi tomada após reunião, na quinta-feira, entre o secretário-geral do SSI, a Unidade de Coordenação Antiterrorismo (UCAT) e um representante da Procuradoria-Geral da República (PGR).

O SSI explica que o conflito entre Israel e o Hamas, agravado com o ataque perpetrado pelo grupo que controla a Faixa de Gaza a 7 de outubro, "acrescentou mais complexidade à ameaça terrorista de matriz islamista na Europa, tal como ficou patente com a ocorrência de ataques terroristas em solo europeu reconduzíveis a este conflito, mas igualmente enquadráveis no estado de ameaça que impende sobre a Europa".

Após esse ataque, a UCAT coordenou o "reforço pontual" das medidas de segurança antiterrorismo, destinada a pessoas e estabelecimentos, diplomáticos e outros, considerados "de maior sensibilidade e risco".

"O SIS, enquanto entidade responsável pela avaliação de ameaça, tem procurado ao longo destes dias, em estreita e permanente cooperação com os seus parceiros internacionais e nacionais no contexto do Sistema de Segurança Interna, coligir de forma sistemática indícios que permitam, no contexto dos potenciais agentes de ameaça, identificar e caracterizar intenções e capacidades", lê-se no comunicado.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+