A+ / A-

Dificuldades nos apoios às rendas? Contacte o Ministério da Habitação, diz ministra da Presidência

20 out, 2023 - 10:27 • Sérgio Costa , Olímpia Mairos

Em entrevista à Renascença, Mariana Vieira da Silva reafirma que o Governo vai apresentar, nas próximas semanas, medidas sobre o valor das rendas para 2024.

A+ / A-

A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, disse esta manhã, em entrevisa à Renascença, que todas as pessoas que estão com dificuldades no acesso ao apoio à renda devem contactar o Ministério da Habitação.

A resposta da governante surge em reação à notícia, desta semana, da Renascença, dando conta de dificuldades no acesso ao apoio à renda.

“O apoio tem condições, têm um limite e um escalão até ao qual ocorre que é o sexto escalão, mas onde estão a praticamente 90% dos portugueses. Aquilo que peço a quem tem dificuldades nesse acesso é que possa contactar o Ministério da Habitação, porque nós certamente se algum problema existe, resolvemos”, assegurou.

As queixas sobre falhas no funcionamento do programa de Apoio Extraordinário à Renda continuam a acumular-se na DECO e já chegaram à Provedoria de Justiça. Muitos arrendatários que ficaram de fora dos apoios estão há meses à espera de respostas e admitem avançar para tribunal.

Nesta entrevista à Renascença, a ministra da Presidência reafirmou, de novo, que o Governo vai apresentar, nas próximas semanas, medidas sobre o valor das rendas para 2024.

Segundo a ministra, o Governo tem “estado a ouvir os senhorios e os inquilinos” e “muito brevemente, já teremos a apresentação da medida”.

“Estamos agora nesta fase da decisão”, acrescentou.

Sem querer avançar datas para o anúncio das medidas, a governante diz que “os processos de decisão nunca têm um calendário definido”, adiantando que “terminadas estas audições, nas próximas semanas, teremos condições para fazer esse anúncio”.

“Eu relembro que é algo para se aplicar a partir de dia 1 de janeiro e nós estamos em outubro e, portanto, teremos tempo e a capacidade de explicar e de procurar fazer, o que temos tentado fazer nestes meses, que é proteger aquelas pessoas que estão numa situação mais difícil e por isso já temos 185. 000 famílias a serem apoiadas no seu apoio à renda”, rematou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Fernando Carlos Seab
    20 out, 2023 Figueira da Foz 20:43
    Isto é inacreditável! Contactei o Ministério da Habitação a expor a minha situação de exclusão ilegal do apoio à renda nas seguintes datas: 8 e 16 Junho; 23 de Julho; 3 de Agosto e 14 de Outubro. Tenho os comprovativos de envio de tudo. Nunca me foi dada qualquer resposta. E agora este comentário da sra. Ministra "Aquilo que peço a quem tem dificuldades nesse acesso é que possa contactar o Ministério da Habitação, porque nós certamente se algum problema existe, resolvemos”. Só pode estar a brincar.

Destaques V+