Tempo
|
A+ / A-

Ativistas climáticos detidos pela PSP

14 out, 2023 - 18:49 • Redação

Manifestantes interromperam o tráfego na Avenida 24 de Julho, em Lisboa, como parte de um protesto pacífico.

A+ / A-

Cinco ativistas do coletivo Climáximo foram detidos pela PSP este sábado, após bloquearem a Avenida 24 de Julho, uma das principais vias de Lisboa.

Os manifestantes interromperam o tráfego como parte de um protesto pacífico.

Durante o bloqueio, uma das ativistas identificada afirmou: "Tudo aquilo que tu amas está a ser destruído pelo governo e pelas empresas que nos declararam guerra. Todos os dias, só as emissões de Portugal condenam à morte mais trinta e oito pessoas."

Num comunicado enviado às redações, o coletivo exige também o cancelamento de propostas de expansão fóssil, como novas autoestradas, aeroportos, gasodutos e a expansão do porto LNG de Sines.

O Climáximo convida também a comunidade a participar numa vigília em frente à 30º Esquadra da PSP, onde as ativistas estão detidas, como um gesto de solidariedade.

A PSP não emitiu, até o momento, qualquer comunicado sobre as detenções.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+