Tempo
|
A+ / A-

Fogo na Madeira

"As pessoas estão assustadas". Chamas ameaçam centro da vila de Porto Moniz

13 out, 2023 - 10:30 • André Rodrigues

Vento forte e quente, maus acessos e falta de visibilidade estão a dificultar o combate às chamas. "Está muito complicado", admite à Renascença o funcionário de uma farmácia em Porto Moniz.

A+ / A-

O incêndio na Madeira já está praticamente no centro da vila de Porto Moniz.

"As pessoas estão assustadas, naturalmente", relata à Renascença Eduardo Carvalho, funcionário de uma farmácia no centro da vila.

"As chamas estão imediatamente por trás da vila" que "está toda enfumarada", acrescenta.

De acordo com este testemunho, a tarde de ontem e o período da noite foram os momentos mais complexos: "tivemos chamas que estiveram relativamente próximas de algumas habitações, inclusive da minha".

Com o nascer do dia, a situação "parece estar a ficar um bocadinho mais controlada", mas, face ao risco potencial, "os populares estão a fazer aquilo que podem no apoio aos bombeiros, com mangueiras, com água, com baldes".

Mas Eduardo Carvalho reconhece ainda "é cedo para dizermos que está resolvido" e que "os bombeiros e a proteção civil ainda vão ter um longo caminho pela frente".

A principal dificuldade, nesta altura, é "o vento forte e quente" que continua a propagar as chamas na encosta da montanha que confronta com a vila de Porto Moniz.

Por outro lado, também "as más acessibilidades" e a "fraca visibilidade" juntam-se à soma de condicionantes que estão a impedir um mais rápido controlo da situação.

"Neste momento está aqui um helicóptero, a ver se consegue ajudar no combate ao incêndio. Mas está muito complicado", reconhece este residente em Porto Moniz.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+