A+ / A-

Ucrânia. Portugal vai enviar vestuário de inverno para militares e geradores

11 out, 2023 - 18:05 • Lusa

A ministra da Defesa disse durante reunião na NATO que Portugal também está "a ponderar a participação" na desminagem.

A+ / A-
A ministra da Defesa Nacional anunciou, esta quarta-feira, que Portugal está a preparar um pacote de apoio à Ucrânia com vestuário de inverno para os militares e geradores, estando ainda a ponderar a participação na desminagem.

"Anunciei aqui que estamos a preparar um pacote com vestuário de inverno, o inverno está a aproximar-se e essa é uma necessidade sentida e requerida pela Ucrânia, e geradores", disse Helena Carreiras, em declarações aos jornalistas, depois de uma reunião do Grupo de Contacto para a Defesa da Ucrânia, no quartel-general da Aliança Atlântica, em Bruxelas.

A ministra da Defesa revelou que a Ucrânia fez "um pedido específico" de vestuário, especialmente para mulheres.
Helena Carreiras não quantificou a dimensão deste pacote de vestuário e o número de geradores que vai disponibilizar: "Não tenho essa indicação concreta ainda, estamos a trabalhar nessa aquisição. A Ucrânia vai sempre indicando para vários itens aquilo que são as quantidades e nós como sempre avaliamos."
A governante acrescentou que a formação de pilotos ucranianos "já começou em vários lugares", mas em Portugal ainda não.
"Nós não estamos ainda a participar com as nossas capacidades, relembro que oferecemos a possibilidade de treinar pilotos e mecânicos, estamos a continuar as reuniões técnicas para avaliar qual é o momento em que a nossa participação será requerida", sustentou, acrescentando que "não existe uma data ou calendário concreto".
A ministra da Defesa disse durante a reunião, a primeira com a participação presencial do Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, que Portugal está "a ponderar a participação" na desminagem.
Helena Carreiras já tinha dito que Portugal estava disponível para o fazer, mas apenas com a formação de mergulhadores ucranianos.
A questão surgiu depois de um pedido feito pelo ex-ministro da Defesa ucraniano, Oleksii Reznikov, por causa da necessidade de desminar o Mar Negro, que voltou a ser um campo de batalha desde que a Rússia rasgou o acordo para exportação de cereais ucranianos.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+