Tempo
|
A+ / A-

Sindicato Independente dos Médicos prolonga greve até 24 de novembro

08 out, 2023 - 17:06 • Redação

Os médicos protestam a "incompreensível e desrespeitosa" proposta governamental de um aumento médio de 3,6% para compensar uma perda de poder de compra superior a 22%.

A+ / A-

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) vai prolongar até 24 de novembro a greve às horas extraordinárias nos centros de saúde primários, esclareceu este domingo uma nota do SIM.

O pré-aviso divulgado esta tarde pelo SIM fala na "incompreensível e desrespeitosa" proposta governamental de um aumento médio, transversal a todos os médicos, de 3,6% para compensar uma perda de poder de compra superior a 22%.

A greve às horas extra começou a 24 de julho e abrange todos os Serviços e Estabelecimentos portugueses onde os trabalhadores médicos exercem funções nos CSP, no território do Continente e no da Região Autónoma dos Açores.

Os médicos protestam ainda a "suspensão unilateral da negociação e aprovação de disposições legislativas sem o acordo sindical", pode ler-se no comunicado do sindicato.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+