Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Ministério da Educação convoca sindicatos para negociações

22 set, 2023 - 00:24 • Fátima Casanova

Reunião marcada para 2 de outubro pretende analisar o diploma sobre as habilitações para a docência.

A+ / A-

O Ministério da Educação abre portas a novas negociações com os sindicatos.

Há reunião marcada para 2 de outubro para analisar o diploma sobre as habilitações para a docência.

Numa altura em que faltam professores, a ideia do ministro da Educação, João Costa, é alargar o leque de potenciais candidatos aptos a ensinar. Mas a medida é contestada pelos sindicatos.

Para essa mesma semana, a 6 de Outubro há greve nacional convocada pela plataforma de nove sindicatos, onde estão incluídas a FENPROF e a FNE.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Daniela Antunes
    22 set, 2023 Carnaxide 10:29
    por favor eu me chamo Ana Antunes de 62 anos e tenho uma neta de 17 anos e tenho procurado escola para ela ainda não consigo ela tem o 10 ano e moro em Carnaxide e Gustava de apor na casa pia e não consigo e perto de casa por favor o na escola que tiverem ajudar -me meu 96 91 24 821
  • Ex-professor
    22 set, 2023 Felizmente 09:15
    Já se sabe o que entende o ministro -PS sobre "negociações". Os Sindicatos comparecerem a essa farsa, é só para se descredibilizarem ainda mais, junto dos associados e para continuarem a ser gozados pelo ministro. Atendendo ao histórico de "negociações", eu se fosse aos sindicatos, não ia.
  • Petervlg
    22 set, 2023 Trofa 07:31
    não sou professor. É um ministro muito, muito fraco, que deveria lutar por interesse dos que representa e é ao contrario, é pena, mas em abono da verdade todos ou quase todos os ministros da educação tem sido fracos e sem poder negocial, apenas impõem. Tem muita sorte, porque a meu ver os professores, mesmo sendo espezinhados, pelo governo, continuam a fazer as suas tarefas, apenas por causa dos alunos, e quem esta a frente de um ministério e não vê isso, é incompetente.

Destaques V+