A+ / A-

Candidaturas ao subsídio municipal ao arrendamento em Lisboa abrem no dia 25

19 set, 2023 - 22:43 • Lusa

Com uma verba de 1,6 milhões de euros, o novo subsídio destina-se a quem esteja a gastar mais de 30% do seu rendimento com o pagamento da renda, mas foi também pensado "como uma solução habitacional para os profissionais deslocados".

A+ / A-

As candidaturas ao novo Subsídio Municipal ao Arrendamento Acessível da Câmara de Lisboa abrem no dia 25 e decorrem até 16 de outubro, prevendo a autarquia vir a apoiar mais 200 famílias.

Segundo esclarecimentos prestados à agência Lusa pelo Departamento de Marca e Comunicação da Câmara Municipal de Lisboa, o Subsídio Municipal ao Arrendamento Acessível já está a apoiar 800 famílias, esperando a autarquia chegar às 1.000.

Com uma verba de 1,6 milhões de euros, o novo subsídio destina-se a quem esteja a gastar mais de 30% do seu rendimento com o pagamento da renda, mas foi também pensado "como uma solução habitacional para os profissionais deslocados".

Entre esses profissionais, a autarquia lisboeta tem "como foco prioritário os professores deslocados", tendo, para o efeito, assinado um protocolo com a Direção Geral da Administração Educativa para a divulgação deste programa junto dos docentes colocados em Lisboa.

A autarquia introduziu duas novidades ao programa: permitir a candidatura a este apoio de cidadãos sem contrato em curso, mas a iniciar no momento presente, e a candidatura de quem seja proprietário de bens imóveis fora da Área Metropolitana de Lisboa.

Os interessados em candidatar-se devem registar-se e preencher a candidatura na Plataforma Habitar Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+