Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Algarve abalado por novo sismo no espaço de horas

05 set, 2023 - 12:13 • Daniela Espírito Santo com Lusa

Abalo em Olhão às 11h17 é já o segundo na região, nas últimas horas.

A+ / A-

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) anunciou, esta terça-feira, o registo de um novo abalo na zona do Algarve.

O segundo abalo, de magnitude 3,7 na escala de Richter, foi registado esta terça-feira às 11h17 a cerca de 50 quilómetros de Olhão. Em comunicado, o IPMA adianta que o sismo foi "sentido com intensidade máxima III/IV" na escala de Mercalli modificada.

Outro abalo foi sentido há umas horas na mesma região, desta feita a cerca de cem quilómetros a sul-sudoeste de Faro.

Este sismo, de magnitude de 3,9 na escala de Richter, aconteceu às 01h49 e também foi sentido com intensidade máxima III na escala de Mercalli modificada.

Segundo a escala de Richter, os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequenos (2,0-2,9), pequenos (3,0-3,9), ligeiros (4,0-4,9), moderados (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grandes (7,0-7,9), importantes (8,0-8,9), excecionais (9,0-9,9) e extremos (quando superior a 10).

Já a escala de Mercalli Modificada mede os "graus de intensidade e respetiva descrição".
Quando há uma intensidade III, considerada fraca, o abalo é "sentido dentro de casa" e "os objetos pendentes baloiçam", sentindo-se uma "vibração semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados", revela o IPMA na sua página da Internet.
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+