Tempo
|
A+ / A-

Trabalhadores da Autoeuropa discutem "lay-off" durante paragem de nove semanas

04 set, 2023 - 08:12 • Lusa

Apesar de ter anunciado uma paragem de produção de 11 de setembro a 12 de novembro, a Autoeuropa admite que esse período "poderá ser reduzido com o evoluir da solução do problema".

A+ / A-

A comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa reúne-se esta segunda-feira com a empresa para debater as condições financeiras do "lay-off´, durante a anunciada paragem de produção de nove semanas na fábrica de automóveis de Palmela, no distrito de Setúbal.

A empresa revelou na quinta-feira que iria haver uma paragem de produção de nove semanas, de 11 de setembro a 12 de novembro, devido às dificuldades de um fornecedor da Eslovénia "severamente afetado" pelas cheias que ocorreram no passado mês de agosto naquele país.

A administração da fábrica de automóveis da Volkswagen em Palmela anunciou também a intenção de recorrer ao "lay-off´ durante a paragem de produção, mas a CT entende que a empresa tem condições para garantir os rendimentos de todos os funcionários.

A CT, que admite ter conhecimento de uma comunicação interna em que a empresa também prevê a rescisão dos contratos de trabalho com os trabalhadores temporários, promete tudo fazer para salvaguardar os direitos de todos os trabalhadores efetivos durante o "lay-off´, bem como para tentar encontrar soluções que permitam evitar o despedimento dos cerca de 100 trabalhadores temporários da fábrica da Volkswagen em Palmela.

O "lay-off" é uma medida que prevê a redução temporária dos períodos normais de trabalho ou suspensão temporária dos contratos de trabalho, devido a motivos de mercado, estruturais ou tecnológicos, incluindo catástrofes ou outras ocorrências que tenham afetado gravemente a atividade normal da empresa, desde que tais medidas se mostrem indispensáveis para assegurar a viabilidade económica dessa empresa e a manutenção dos postos de trabalho.

Apesar de ter anunciado uma paragem de produção de 11 de setembro a 12 de novembro, a Autoeuropa admite que esse período "poderá ser reduzido com o evoluir da solução do problema".

Tópicos
Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+