A+ / A-

Sete distritos em aviso vermelho entre 3.ª e 5.ª feira devido ao calor

21 ago, 2023 - 13:48 • Lusa

Os restantes distritos do continente vão estar entre estes dias sob aviso laranja (o segundo mais grave), também devido ao tempo quente.

A+ / A-

Sete distritos de Portugal continental vão estar entre terça e quinta-feira sob aviso vermelho, o mais grave de uma escala de três, devido ao tempo quente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco e Santarém vão estar sob aviso vermelho entre a meia-noite de terça-feira e as 10h00 horas de quinta-feira devido à persistência de valores muito elevados da temperatura máxima.

Os restantes distritos do continente vão estar entre estes dias sob aviso laranja (o segundo mais grave), também devido ao tempo quente, segundo a informação divulgada, disponível no "site" do instituto.

Os distritos de Bragança, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja, Faro e Setúbal já estão esta segunda-feira sob aviso laranja e os distritos de Viana do Castelo, Vila Real, Braga, Viseu, Leiria, Porto, Aveiro, Coimbra, Lisboa e Santarém a amarelo.

O IPMA colocou também a costa sul da Madeira sob aviso laranja até às 23h00 horas de terça-feira por causa do tempo quente, passando depois a amarelo até às 23h00 de quarta-feira.

Sob aviso amarelo estão também a costa norte da Madeira e o Porto Santo até às 23h00 de quarta-feira.

O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo é emitido sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê um aumento da temperatura nos próximos dias, alertando que as máximas podem atingir valores acima dos 40 graus Celsius (ºC) em alguns locais.

"Prevê-se uma subida generalizada dos valores de temperatura máxima nos próximos dias, com valores que entre os dias 21 e 24 irão estar próximos dos 40°C na região Sul e interior norte e centro, podendo atingir pontualmente 44°C em alguns locais do Alentejo e Vale do Tejo", indicou o instituto no sábado.

Já no litoral norte e centro, a temperatura máxima será mais baixa, com valores entre os 30ºC e 35°C, "sendo inferiores na faixa costeira".

Durante a noite, as temperaturas mínimas também serão elevadas, "com valores superiores a 20°C (noites tropicais) em grande parte do território, podendo mesmo não descer abaixo dos 25°C em alguns locais do Algarve, Alentejo e na Beira Interior".

O IPMA prevê que as temperaturas só comecem a descer de forma generalizada a partir de sexta-feira, "atingindo valores normais para a época do ano no fim de semana de 26 e 27".

A subida de temperatura está relacionada com "uma crista anticiclónica que se estende desde os Açores até à Europa Central, promovendo o transporte de uma massa de ar quente e seco com origem no norte de África sobre o território do continente".

Por causa das condições meteorológicas, o perigo de incêndio vai manter-se elevado pelo menos até sexta-feira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+