Tempo
|
A+ / A-

Estádio Municipal de Abrantes encerrado devido a "legionella"

09 ago, 2023 - 17:58 • Lusa

A bactéria foi detetada numa das caldeiras de água quente que serve os balneários, durante uma vistoria preventiva da autoridade de saúde pública.

A+ / A-

As instalações do Estádio Municipal de Abrantes estão encerradas e as atividades foram suspensas depois de ter sido detetada a bactéria "legionella" nos balneários daquele equipamento desportivo, confirmou à Lusa o presidente da autarquia do distrito de Santarém.

"É verdade, infelizmente tivemos uma situação que nos obrigou a encerrar parte das instalações da cidade desportiva", disse esta quarta-feira o presidente da Câmara Municipal, Manuel Jorge Valamatos (PS), explicando que "a presença da "legionella" foi detetada numa vistoria preventiva que a autoridade de saúde pública promoveu", no final de julho, e que "todos os mecanismos foram desenvolvidos de imediato, de acordo com a lei e com a informação da Saúde Pública".

Segundo o autarca, a deteção da presença da "legionella" ocorreu "numa das várias caldeiras" de água quente, que serve vários balneários, em "percentagens que não são muito relevantes", tendo sido encerrado o estádio e suspensas as atividades "por precaução".

Com o processo de limpeza e desinfeção das instalações tratado "logo na altura", o autarca disse estar "a aguardar pelos resultados das contra-análises".

"É expectável que, em breve, possamos reabrir esta parte da Cidade Desportiva, continuando com processos de inspeção a todas estas infraestruturas", afirmou.

A questão foi discutida na reunião de executivo camarário de terça-feira, quando o vereador do ALTERNATIVAcom, Vasco Damas, quis confirmar se "foram encerradas as instalações do Estádio Municipal devido à presença de bactérias no sistema de águas sanitárias" e "alertadas as pessoas que usaram os balneários, beberam ou tiveram contacto com a água da rede e usufruíram das instalações do Estádio Municipal desde o dia 20 a 26 de julho".

O vereador da oposição questionou ainda o presidente da Câmara sobre como foi detetada a bactéria, se "pela contaminação de utentes ou por uma auditoria preventiva", e porque razão não houve um comunicado público do município sobre a situação.

Em declarações à Lusa, Manuel Jorge Valamatos assegurou não ter conhecimento de casos de contaminação, adiantando que a desinfeção foi realizada na ocasião.

É expectável, acrescentou, que a situação possa "ficar resolvida ainda esta semana" e que o Estádio "possa reabrir e que volte tudo à normalidade", em vésperas de Abrantes receber um torneio internacional de iniciados, que vai decorrer em vários campos de futebol do concelho.

A doença do legionário, provocada pela bactéria "Legionella pneumophila", contrai-se por inalação de gotículas de vapor de água contaminada (aerossóis) de dimensões tão pequenas que transportam a bactéria para os pulmões, depositando-a nos alvéolos pulmonares.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+