Tempo
|
A+ / A-

Arguidos do processo BES ficam a saber se vão a julgamento

31 jul, 2023 - 05:45

Considerado um dos maiores processos da história da justiça portuguesa, este caso agrega no processo principal 242 inquéritos, que foram sendo apensados, e queixas de mais de 300 pessoas, singulares e coletivas, residentes em Portugal e no estrangeiro.

A+ / A-

O juiz Pedro Santos Correia decide se o 25 arguidos no processo BES/GES vão a julgamento, estando a leitura da decisão instrutória agendada para o Tribunal Central de Instrução Criminal.

A decisão esteve marcada para 14 de julho, mas foi adiada por, na altura, ainda não estar concluída, adiantou o juiz de instrução em despacho a que a Lusa teve acesso.

O debate instrutório do processo também conhecido por "Universo Espírito Santo" decorreu entre os dias 2 e 9 de maio no tribunal de Monsanto (Lisboa).

Considerado um dos maiores processos da história da justiça portuguesa, este caso agrega no processo principal 242 inquéritos, que foram sendo apensados, e queixas de mais de 300 pessoas, singulares e coletivas, residentes em Portugal e no estrangeiro.

Segundo o MP, a derrocada do Grupo Espírito Santo (GES), em 2014, terá causado prejuízos superiores a 11,8 mil milhões de euros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+