A+ / A-

JMJ. Mais de 80 detidos num dia, maioria por tráfico de droga e condução ilegal

29 jul, 2023 - 10:41 • Lusa

As detenções da PSP ocorreram “nas últimas 24 horas, no âmbito das operações policiais que estão a ser levadas a cabo a nível nacional em contexto pré-jornada”.

A+ / A-

A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve na sexta-feira 83 pessoas, a grande maioria por tráfico de droga e crimes rodoviários, tendo ainda apreendido 10 armas e mais de mil doses de heroína e cannabis.

De acordo com um comunicado da PSP, divulgado este sábado, estas detenções ocorreram “nas últimas 24 horas, no âmbito das operações policiais que estão a ser levadas a cabo a nível nacional em contexto pré-jornada” (Jornada Mundial da Juventude).

Dos 83 detidos, 23 foram-no por tráfico de estupefacientes, 10 conduziam sob efeito de álcool e outros 10 sem carta de condução.

A PSP deteve ainda três pessoas por crimes contra a propriedade (furtos e roubos) e quatro por tráfico ou detenção ilegal de arma proibida.

Neste âmbito, a polícia cumpriu 12 mandados de detenção judiciais.

Quanto a apreensões, a PSP confiscou 10 armas - das quais três de fogo e sete armas brancas - e mais de 1.300 doses individuais de droga, maioritariamente heroína e cannabis.

No que respeita à segurança rodoviária, no mesmo período foram registados 156 acidentes, dos quais resultaram 51 feridos ligeiros.

Durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em que são esperados milhares de peregrinos, levando a constrangimentos e limitações na circulação, a polícia alerta para a importância de planear atempadamente as deslocações, sugerindo que se evite a utilização de carro próprio.

Nas deslocações a pé ou de transportes públicos, a PSP aconselha a deslocação em fila indiana pelos passeios ou bermas opostas ao sentido do trânsito, com roupa bem visível e sem auscultadores, e a compra antecipada dos bilhetes de transporte, para evitar filas.

As zonas com condicionamento à circulação rodoviária podem ser consultadas em https://www.lisboa.pt/circulacao-jmj.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+