Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Vídeo

Temos Maria e temos teatro para os peregrinos da JMJ

27 jul, 2023 - 09:15 • Redação

A Igreja da Misericordia do Porto recebe a peça de teatro, em estreia, "Temos Mãe, Temos Maria" em tempo de chegada de peregrinos para a Jornada Mundial da Juventude.

A+ / A-
João Carlos Soares toca tema original da peça "Temos Mãe, Temos Maria"
João Carlos Soares toca tema original da peça "Temos Mãe, Temos Maria"

Estreou na Igreja da Misericórdia do Porto a peça de teatro “Temos Mãe, Temos Maria”, que estará em cena até sexta-feira.

a peça de teatro e música foi produzida pela Seiva Trupe em colaboração com o Cabido Portucalense e a Comissão Organizadora da Diocese do Porto da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

O encenador e dramaturgo, Castro Guedes, explica à Renascença que “é uma alegria” poder contar com jovens de todo o mundo a assistir à peça". O guião predisponível tem a tradução essencial da peça para poder ser seguido em francês, espanhol, inglês e alemão.

Para Castro Guedes, este “é um momento especial".

"É a vinda do Papa a Portugal e a temática abordada é justamente a escolhida pelo Papa como divisa - 'Maria levantou-se e saiu apressadamente'.”

Kátia Guedes, intérprete da personagem Maria, conta à Renascença que fazer esta peça “é uma responsabilidade muito grande”. Como cresceu no seio de uma família católica, a atriz sente que concretizar a peça numa igreja “dá mais peso e valor” ao trabalho artístico.

Kátia refere que, “mesmo para quem não é crente, este é um espetáculo que vai simbolizar sempre alguma coisa”, pois é uma peça de “sensibilidade muito grande” que fará sentido para muitas pessoas pela dimensão e intensidade das palavras que “todos devem ouvir”.

O espetáculo está em cena até dia 28 de julho, sexta-feira, com sessões às 15h e às 17h na Igreja da Misericórdia do Porto.

A entrada é gratuita e prioritária a credenciados JMJ. Pessoas não registadas para o evento devem chegar mais cedo para conseguirem garantir lugar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+