A+ / A-

Lisboa

Detida mulher que burlou centenas de vítimas em sites de eletrodomésticos

21 jul, 2023 - 17:27 • Redação

O crime consistia em vender eletrodomésticos através de sites criados na internet pela suspeita, que arrecadou centenas de milhares de euros com o esquema.

A+ / A-

Uma mulher foi detida por suspeita de burlar centenas de pessoas, avançou esta sexta-feira o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

A Divisão de Investigação Criminal da PSP realizou, na quarta-feira, buscas nas cidades de Setúbal e Amadora e deteve uma mulher de 60 anos, "por ser suspeita da prática do crime de burla informática”, disse a força de segurança, em comunicado.

O crime consistia em vender eletrodomésticos através de sites criados na internet pela suspeita, sem profissão, que fazia desta atividade ilícita o seu modo de vida há vários anos.

“Para levar a cabo esta prática criminal, a suspeita criava diversas sociedades comerciais e diversos sites de internet, em tudo idênticos e para o mesmo propósito criminal, alojados em plataformas que geram pagamentos por referência multibanco, permitindo-lhe obter lucros exponenciais, na ordem de várias centenas de milhares de euros, sem que fizesse a entrega dos equipamentos aos ofendidos”, adianta a PSP.

Os elevados fluxos monetários decorrentes desta atividade permitiram à suspeita, abrir falsos call centers, onde trabalhavam, em média, dez funcionários para atendimento de novos clientes, locais que eram alterados com alguma frequência para dificultar eventuais fiscalizações das entidades reguladoras ou ações policiais.

Após a detenção da suspeita e desencadeada as operações de busca e desmantelamento desta atividade criminosa, a PSP adianta que foi apreendido o seguinte:

• 13 computadores portáteis;

• 6.100 euros em notas do BCE;

• 4 telemóveis;

• 1 PC de secretária;

• 2 monitores;

• 1 impressora;

• 1 máquina de etiquetas;

• 1 cofre;

• 1 frigorífico;

• 1 router de um operador de comunicações; e

• Documentação de interesse probatório para os autos.

A detida vai ser presente no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, para primeiro interrogatório judicial, para aplicação das respetivas medidas de coação.

A força de segurança apela aos cidadãos que “tenham tentado adquirir algum aparelho eletrónico através dos sites da internet abaixo indicados, e que não tenham o obtido o aparelho, nem a posterior devolução do montante que transferiram, que denunciem às autoridades de acordo com os prazos legalmente previstos na lei”.

Os sítios de internet utilizados para a prática deste esquema criminal:

https://lojadoelectrodomestico.pt

https://teckmi.com

https://areelectronica.com

https://ptelectronica.com

http://tvmarket.pt

“A PSP, sugere aos cidadãos que tenham cuidados redobrados quando fazem alguma compra por internet, sob pena de poderem vir a ser vítimas destes esquemas ilícitos.”

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+