A+ / A-

Acordo coletivo de trabalho

Banca e sindicato chegam a acordo: bancários vão ter aumentos de 4,5%

10 jul, 2023 - 15:39 • Lusa

A revisão salarial aplica-se a bancários no ativo e reformados, bem como às cláusulas de expressão pecuniária.

A+ / A-

O Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB) e o Grupo Negociador das Instituições de Crédito (GNIC) acordaram uma atualização de 4,5% do acordo coletivo de trabalho para todos os bancários, ativos e reformados, foi anunciado esta segunda-feira.

“Face a esta proposta, resultante da persistência do SNQTB, que conduziu ao sucessivo incremento das propostas do GNIC, e tendo em consideração todos os demais fatores a ponderar, nomeadamente a perspetiva de continuação da evolução decrescente da inflação em 2023, o SNQTB entendeu ter chegado o momento de se chegar a um acordo quanto à atualização de 4,5% do ACT para 2023”, afirmou o presidente do sindicato, Paulo Gonçalves Marcos, em comunicado hoje divulgado.

A revisão salarial aplica-se a bancários no ativo e reformados, bem como às cláusulas de expressão pecuniária, tendo efeitos retroativos a 01 de janeiro de 2023.

A proposta inicial apresentada pelo GNIC era de 2,5%, enquanto a do sindicato se cifrava nos 6,25% - o sindicato justificava estes valores com a inflação e com os indicadores e resultados do setor bancário.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+