A+ / A-

Incêndios de 2017

Afinal, Marcelo vai a Pedrógão Grande com o Governo inaugurar memorial às vítimas

26 jun, 2023 - 12:23 • Olímpia Mairos

Presença do Presidente dependerá da sua chegada de Palermo, onde Marcelo vai participar na reunião da COTEC Europa.

A+ / A-

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afinal vai marcar presença no dia 27 de junho, em Pedrogão Grande, na inauguração do monumento às vítimas dos incêndios de 17 de junho de 2016.

A presença do chefe de Estado está, no entanto, condicionada pela “hora de chegada de Palermo”, lê-se no comunicado enviado à Renascença esta segunda-feira.

Marcelo Recebo de Sousa vai estar fora do país, em Itália, entre hoje e amanhã, para uma reunião da COTEC Europa, sendo que a inauguração do memorial às vítimas dos incêndios está marcada para o final de terça-feira.

Na iniciativa de homenagem às vítimas dos incêndios de 2017 vão marcar presença elementos do Governo, como o primeiro-ministro, António Costa, e a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, acompanhados dos autarcas das regiões afetadas, da Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande, e outras entidades ligadas à área social e associativa desses concelhos, para além do autor do memorial, o arquiteto Souto Moura, e a população local.

Depois de ter sido anunciada a homenagem, o Presidente da República emitiu uma nota oficial, no site da Presidência, informando que não poderia marcar presença, já que nessa data estaria em Itália para a reunião da COTEC Europa.

Esta segunda-feira, com a divulgação da agenda do Presidente da República para os dias 26 e 27 de junho, ficou a saber-se que Marcelo conta estar presente em Pedrogão Grande, depois de uma visita solitária ao local no sábado, bem como a Castanheira de Pêra e Figueiró dos Vinhos.

As fotografias da visita foram publicadas na página da Presidência.

A inauguração oficial do monumento chegou a estar agendada para as 17h da próxima terça-feira, mas foi, entretanto, reagendada para as 19h, para permitir que o Presidente da República possa estar presente.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ze
    26 jun, 2023 aldeia 13:20
    Paz a todas as almas que perderam a vida neste tragico acidente, que bem poderia não ter tido este final,espero que "Alguém" tenha aprendido com os erros e que não se volte a repetir.

Destaques V+