Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

JMJ 2023. Sindicato preocupado por "falta de investimento" em meios policiais

20 jun, 2023 - 19:56 • Redação

O SPP contrariou também o anúncio que cada agente presente na JMJ iria receber 43,39 euros para ajudas de custo durante o trabalho efetuado longe da sua residência, apontando para um número menor.

A+ / A-

O Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP) manifestou "preocupação pela falta de investimento por parte do Governo" na organização da JMJ 2023, que se realiza, em Lisboa, em agosto.

Em comunicado, o sindicato queixa-se de não ter sido feito "o investimento necessário" em viaturas policiais e infraestruturas.

"A admissão de novos polícias, em número suficiente, foi igualmente descurada, obrigando a que sejam retirados muitos polícias do dispositivo nacional que já se encontra em deficit de efetivos", lê-se, ainda.

O SPP contrariou também o anúncio que cada agente presente na JMJ iria receber 43,39 euros para ajudas de custo durante o trabalho efetuado longe da sua residência, apontando para um número menor.

Segundo o sindicato, "cada polícia irá receber um valor aproximado de 30 euros e com esse valor terá de pagar o pequeno almoço, almoço, lanche e jantar".

"Ao valor anunciado retiram-se 11 euros - 6 euros de suplemento de alimentação, mais 5 euros pela pernoita, em local pago pelos descontos que o mesmo fez anteriormente para os SSPSP", refere o comunicado.

O Sindicato conclui apontando que os polícias provenientes de outros Comandos de Polícia "não possuem passe, pelo que não se entende como se poderão deslocar para Lisboa".

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+