Tempo
|
A+ / A-

PSP abre investigação a intervenção policial "com uso de força" em Abrantes

15 jun, 2023 - 18:54 • Lusa

A PSP disse que os autores das agressões "foram devidamente identificados" e que os factos foram remetidos ao Ministério Público.

A+ / A-

A PSP abriu uma investigação para apurar as circunstâncias da uma intervenção policial "com uso de força" ocorrido em Abrantes, no distrito de Santarém, anunciou hoje aquela força policial.

Num comunicado, a Direção Nacional da PSP disse que teve conhecimento da divulgação de um vídeo, através das redes sociais, que "retrata uma intervenção policial com uso da força".

Segundo a polícia, essa intervenção ocorreu no domingo, durante as Festas de Abrantes, que contou com um reforço de polícias por parte do Comando Distrital de Santarém, bem como da Unidade Especial de Polícia (UEP).

"Pelas 03h45 desse dia foi comunicado à PSP que um grupo de jovens teria agredido outro grupo, quando estes abandonavam o recinto da festa", indicou a PSP, acrescentando que, após as agressões, o grupo de jovens abandonou o local, mas foi intercetado pelas autoridades.

A PSP disse que os autores das agressões "foram devidamente identificados", os factos remetidos ao Ministério Público e que foi aberta uma investigação "a fim de se apurar todas as circunstâncias da intervenção policial", acrescentou.

Num vídeo, divulgado pelo Jornal de Notícias, veem-se três jovens contra uma parede e cinco elementos da Unidade Especial de Polícia (UEP).

A certa altura, um dos elementos da UEP dá um murro na zona abdominal de um dos jovens, que cai e é levantado por outro polícia.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+