Tempo
|
A+ / A-

Segurança Social pode enviar equipas para a Ucrânia

29 mai, 2023 - 11:24

A possibilidade de enviar para a Ucrânia equipas da Segurança Social decorre do memorando de entendimento assinado entre Oksana Zholnovych, a ministra da Política Social da Ucrânia e a ministra da Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

A+ / A-

Portugal está disposto a enviar para a Ucrânia equipas da Segurança Social para ajudar a identificar e a resolver problemas sociais decorrentes da guerra.

A possibilidade de enviar para a Ucrânia equipas da Segurança Social decorre do memorando de entendimento assinado entre a ministra da Política Social da Ucrânia, Oksana Zholnovych, e a ministra da Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

"O objetivo é identificar as necessidades que a Ucrânia tem e, muito pragmaticamente, esta articulação para termos equipas da Segurança Social portuguesa a apoiarem, com ações de capacitação, as equipas ucranianas neste tipo de resposta", diz a ministra portuguesa.

Localmente ou não, dependerá "da forma como a Ucrânia identificar a melhor forma de executarmos" este entendimento.

No terreno, "todos os dias aumenta o número de pessoas com deficiências e de crianças sem os pais. São casas e famílias arruinadas, totalmente destruídas. E nós precisamos de apoio para suportar tudo isto", explica Oksana Zholnovych, que dá como exemplo o que se tem passado nos últimos dias no país.

"Já durante uma semana, todos os dias, todas as nossas cidades sofrem ataques com misseis russos. Como resultado, as nossas pessoas estão totalmente exaustas. Naturalmente que vão necessitar de apoio psicológico e para isso, serão também necessários programas e fundos".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+