Tempo
|
A+ / A-

Ensino Superior

Católica SBE no "top 25" mundial em Formação de Executivos

22 mai, 2023 - 00:03 • Redação

Também na formação customizada para empresas, a universidade Católica-Lisbon é a 21ª melhor Escola a nível mundial e a escola nacional que melhor serve as empresas internacionais.

A+ / A-

A Universidade Católica Lisbon School of Business & Economics foi considerada a 24.ª melhor Escola do Mundo na formação de executivos e a 18.ª melhor da Europa, de acordo com o Ranking Global do Financial Times Executive Education 2023.

O ranking, que avalia as melhores business schools na área da formação de executivos em programas abertos para executivos e programas customizados para empresas, distinguiu a Católica SBE também na Formação Customizada para Empresas, destacando-se na 21.ª posição a nível mundial e obtendo a melhor classificação em Portugal no nível de satisfação geral dos seus programas, com 7.75.

É considerada também a melhor escola na formação para empresas internacionais.

Filipe Santos, reitor da Católica-Lisbon, afirma, em comunicado, que estar "no TOP 25 Mundial em formação executiva é um resultado excelente que resulta da nossa forte aposta no talento dos nossos professores, na inovação pedagógica e adaptação às necessidades das empresas".

Já Céline Abecassis-Moedas, diretora para a Formação de Executivos, admite que a “futura Formação Executiva será ainda mais alinhada com as necessidades dos clientes e as tendências e exigências do mercado em formatos inovadores e orientados para um mundo cada vez mais digital, no qual as qualidades de liderança são fundamentais”.

De 75 escolas avaliadas em programas abertos e 81 em programas customizados, o Ranking Financial Times Executive Education considera apenas as 50 escolas mundiais de topo no conjunto das duas áreas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+