Tempo
|
A+ / A-

Reportagem

Aeroporto em Rio Frio ou Poceirão? "Que venha..."

28 abr, 2023 - 11:43 • João Cunha

A Comissão Técnica Independente apresentou a lista com as alternativas para o novo aeroporto de Lisboa, reduzindo as 17 possibilidades iniciais para nove. Pegões, Rio Frio e Poceirão são novidades e há opções que equacionam tornar o atual Aeroporto Humberto Delgado numa infraestrutura secundária. Em Rio Frio e Poceirão, há quem tema o rebuliço que o aeroporto trará - se for essa a escolha final. Outros aplaudem, porque trará o desenvolvimento da região.

A+ / A-

Dezenas de casas térreas, em banda.

O silêncio entre a malha urbana de Rio Frio só é interrompido pelo chilrear dos pássaros e pelos passos de Marisa Durães, a caminho da paragem de autocarro. Reside na zona onde habitaram os trabalhadores da grande herdade rural ali existente - uma das maiores de Portugal - e onde ainda existem cavalariças e picadeiros e não lhe agrada a ideia de acabar com aquele sossego.

"Não é muito agradável, não. Acho que não. Para a zona que é, acabava-se a nossa calma e a nossa paz. É o mais importante aqui e o que faz ficar aqui muita gente".

O autocarro chega e lá entra, a caminho do trabalho.

A pouco mais de 10 quilómetros para sul, pela nacional 5, Poceirão. A caminho de um dos cafés na praça central, Ana Paula Carreira não tem dúvidas.

"Seria uma zona um pouco mais movimentada do que é hoje. A pouco e pouco, temos perdido tudo aqui na zona. É uma zona rural e relativamente pobre. Acho que seria uma mais valia, sim".

A sair do café, curioso com a conversa, está Paulo Oliveira - que se mostra pronto para a possível mudança.

"Vai evoluir mais o Poceirão, que precisa. Vamos ter mais casas, hotéis, mais tudo. Vem mais trabalho. Vamos embora!"

Quer ir embora para o trabalho e espera por uma boleia, na esquina ao fundo da rua. Antes de partir, Benvinda Neto deixa um desabafo.

Acho que há sitios com mais acessos para isso, mas... De um momento para outro, hoje acham uma coisa, amanhã outra", refere esta natural da terra, que remata com uma pergunta:

"Você já viu há quantos anos estão nisto?"

Pelo menos há quarenta, Benvinda. Ou mais...

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    28 abr, 2023 Lisboa 19:10
    50 anos depois, voltam à 1.ª opção que foi Rio Frio já em 1972, mas entretanto, gastaram um balúrdio em estudos e perderam dezenas de anos na especulação "hoje é aqui, amanhã é ali". O retrato do País, que se pode dizer mais?

Destaques V+