Tempo
|
A+ / A-

Lula da Silva condecora António Costa com Grã-Cruz da Ordem de Rio Branco

24 abr, 2023 - 10:35 • Lusa

O primeiro-ministro está esta segunda-feira de manhã com o Presidente Brasileiro na abertura do Fórum Empresarial Portugal-Brasil, em Matosinhos.

A+ / A-

O chefe de estado brasileiro condecorou António Costa durante a 13ª Cimeira Luso Brasileira

O Presidente do Brasil, Lula da Silva, condecorou o primeiro-ministro português, António Costa, com a Grã-Cruz da Ordem de Rio Branco, que é o grau mais alto dessa ordem atribuído a chefes de Estado e de Governo.

Este ato do Presidente do Brasil aconteceu no sábado à tarde, durante a 13ª Cimeira Luso Brasileira, que se realizou no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

As imagens de António Costa a ser agraciado por Lula da Silva constam de um vídeo divulgado esta segunda-feira de madrugada na conta oficial do chefe de Estado brasileiro da rede social Twitter, no qual se faz um rápido balanço do primeiro dia de visita de Estado a Portugal.

Na 13ª Cimeira Luso Brasileira, os governos de Portugal e do Brasil assinaram 13 instrumentos jurídicos de cooperação bilateral, acordos que abrangem áreas como a educação, justiça, saúde, economia e cultura.

No final da cimeira, o primeiro-ministro saudou a “nova vontade” do Brasil, com o Presidente Lula, em participar na Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP) e considerou que se está perante “um virar de página” nas relações bilaterais.

António Costa está segunda-feira de manhã com Lula da Silva na abertura do Fórum Empresarial Portugal-Brasil, em Matosinhos.

Ao fim da manhã de segunda-feira, o Presidente do Brasil e o líder do executivo português visitam, em Alverca, as Oficinas Gerais de Material Aeronáutico (OGMA).

Depois, pelas 16h00, António Costa assiste, no Palácio Nacional de Queluz, à entrega pelos chefes de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, e do Brasil do Prémio Camões a Chico Buarque.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+