Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Bragança

Médicos que se instalem em Vinhais vão ter direito a apoio de 200 euros/mês

14 abr, 2023 - 12:56 • Lusa

Esta foi uma das duas propostas aprovadas na reunião de Câmara de quinta-feira, com o objetivo de “apoiar e melhorar o acesso aos cuidados de saúde primários” à população.

A+ / A-

O município de Vinhais aprovou um apoio mensal de 200 euros, para ajudar nas despesas, a médicos que se fixem neste concelho do distrito de Bragança, informou esta sexta-feira a Câmara Municipal.

Esta foi uma das duas propostas aprovadas na reunião de Câmara de quinta-feira, com o objetivo de “apoiar e melhorar o acesso aos cuidados de saúde primários” à população.

Além do apoio aos médicos, foi também aprovada uma ajuda financeira mensal de 150 euros às freguesias do concelho para que continuem a prestar cuidados de enfermagem e outros à população.

De acordo com o município, o apoio financeiro para a fixação de médicos “traduz-se num valor mensal de 200 euros, a atribuir aos médicos que exerçam ou venham a exercer funções no centro de saúde de Vinhais”.

“O executivo municipal pretende atrair estes profissionais para o concelho e o valor será uma ajuda para o pagamento de despesas com arrendamento ou comparticipação no crédito à habitação, bem como serviços básicos como luz, água, gás, Internet e deslocações diárias”, esclarece, em comunicado.

A autarquia transmontana lembra que “a falta de médicos é um problema recorrente em todo o território português, com maior incidência no interior do país e Vinhais não é exceção”.

Esta medida financeira, do apoio de 200 euros, “é uma das formas que o executivo municipal encontrou para enfrentar de maneira positiva estes desafios, proporcionando um ambiente favorável ao exercício da profissão, melhorando, desta forma, a prestação dos cuidados de saúde na região”.

Para além deste apoio, a Câmara Municipal de Vinhais tem suportado as despesas de alojamento e alimentação de médicos que têm vindo fazer a consulta aberta no centro de saúde”.

Para apoiar a prestação de cuidados de proximidade, o município aprovou também um incentivo financeiro de 150 euros mensais a atribuir às juntas e uniões de freguesia do concelho “para a prestação de serviços de enfermagem e outros cuidados de saúde de que necessitem as populações”.

Com a parceria entre a câmara e as freguesias pretende-se “apoiar e incentivar a melhoria da qualidade de vida, principalmente dos mais idosos e vulneráveis, potenciando a inclusão social”.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+