Tempo
|
A+ / A-

JMJ

Leiria. Comando da PSP prepara plano de segurança para o dia da diocese

05 abr, 2023 - 12:06 • Lusa

Antes da Jornada Mundial da Juventude, as dioceses de todo o país vão promover o encontro de jovens de todo o mundo. A chegada dos peregrinos ocorrerá de 26 a 31 julho 2023.

A+ / A-

O Comando Distrital da PSP de Leiria está a preparar o plano de segurança para o dia da diocese, que deverá receber milhares de jovens na região no âmbito da Jornada Mundial da Juventude.

Com vista à criação de um plano conjunto de segurança, o comando organizou uma reunião com as diferentes forças de segurança, proteção civil, entidades médicas, entre outras que estarão envolvidas em toda a operação de receção aos participantes na JMJ, disse à agência Lusa o comandante José Figueira.

"É expectável que grande parte das viagens, estadias e visitas dos grupos de peregrinos seja efetuada através de planeamento, podendo não ser do conhecimento dos coordenadores. Estima-se que a Diocese de Leiria-Fátima receba cerca de dez mil pessoas", adiantou a PSP.

O Comando de Leiria prevê ainda que cerca de 60% dos peregrinos cheguem no dia 26 de julho e 40% durante a semana, a maioria (80%) de autocarro. O alojamento será em casas de famílias, instalações paroquiais ou públicas.

Segundo o programa apresentado na reunião pela PSP, estão previstos dois dias de peregrinação ao Santuário de Fátima, nos dias 27 e 28, realizando-se no dia 29 de julho a Festa Missa de Envio, no Jardim da Almuinha, em Leiria, com peregrinos estrangeiros e os jovens e famílias da Diocese de Leiria-Fátima.

José Figueira destacou à Lusa a importância de começar já a preparar o plano de segurança do evento no Jardim da Almuinha Grande, tendo em atenção a configuração dos espaços, as características do palco, o controlo de acessos, as condições de evacuação, a localização de meios da proteção civil, assistência médica, bombeiros, pontos de fornecimento de água, instalações sanitárias e postos de informações.

"Será necessário reforçar nesses dias o serviço de Pediatria e de Ortopedia, tendo em conta que muitos são jovens menores e nestes eventos há sempre pequenos traumas", explicou o superintendente.

Foi ainda discutida a criação de um posto de comando e de controlo operacional conjunto e planos de mobilidade, sanitário e de emergência médico e hospitalar.

Considerado o maior acontecimento da Igreja Católica, a JMJ vai realizar-se entre 1 e 6 de agosto, sendo esperadas cerca de 1.5 milhões de pessoas.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+