Tempo
|
A+ / A-

Macedo de Cavaleiros reduz perdas de água e poupa 200 mil euros por ano

24 mar, 2023 - 12:37 • Olímpia Mairos

Já foi um dos concelhos com maior volume de perdas de água o nível nacional. Implementou várias medidas para melhorar o sistema de abastecimento de água e em cinco anos, reduziu perdas de 81,5% para 56,9%.

A+ / A-

A Câmara Municipal de Macedo Cavaleiros anunciou esta sexta-feira que conseguiu reduzir em 24,6 pontos percentuais as perdas de água na rede, o que representa uma poupança anual na ordem dos 200 mil euros.

Em comunicado, a autarquia destaca que “depois de durante vários anos ter sido considerado o concelho com maior volume de perdas de água ao nível nacional”, após a implementação de um conjunto de medidas, “em 2022 as perdas já tinham passado dos 81,5% de 2017 para os 56,9%”.

“É uma redução muito significativa, na ordem dos 24,6 pontos percentuais, e que resultam do trabalho que tem sido feito no sentido de melhorar os sistemas de abastecimento de água de Macedo de Cavaleiros”, observa o presidente da Câmara de Macedo de Cavaleiros.

Segundo o autarca, “foi possível, entre 2021 e 2022, fazer uma redução de perda na ordem dos 10%, passando de 65,9% no balanço hídrico de 2021, já validado pela ERSAR, para 56%, no balanço hídrico de 2022 a submeter até abril de 2022 e já apurado”.

Benjamim Rodrigues lembra que as perdas de água “representam um peso muito significativo no orçamento autárquico, uma vez que se trata de valores que são injetados na rede de abastecimento público, mas que depois, pelos mais variados motivos, não são faturados aos consumidores”.

Só em 2022, explica o autarca de Macedo de Cavaleiros, a Câmara registou uma redução das perdas reais de água na ordem dos 600 mil metros cúbicos da água aduzida à rede, por ano.

O plano de combate às fugas de água foi apresentado no final de 2020, começando a ser implementado no terreno em 2021.

“Neste momento, já temos cobertura total de Zonas de Medição e Controle, ou seja, de monitorização das redes; temos telegestão implementada e iremos iniciar a substituição de contadores volumétricos para contadores inteligentes”, indica.

De acordo com a autarquia, estão ainda a decorrer obras de substituição de condutas no valor de um milhão de euros.

“Os resultados começam a aparecer e estamos convictos que vamos continuar a reduzir as perdas e, com isso, a aumentar o volume de água faturada”, realça.

De acordo com o plano de combate às fugas de água delineada pela Câmara de Macedo de Cavaleiros, será possível reduzir as perdas anuais para valores próximos dos 30% até 2024.

“Não sendo a solução ideal, que seria a de perdas nulas, essa redução será um enorme contributo para equilibrar as contas do município e, sobretudo, mais um passo no caminho da sustentabilidade ambiental”, conclui o autarca.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+