A+ / A-

Hospital de Loures. Autarca pede reunião ao ministro sobre fecho da urgência pediátrica

28 fev, 2023 - 17:49 • Lusa

A partir de quarta-feira, as urgências pediátricas fecham à noite e durante o fim de semana.

A+ / A-

O presidente da Câmara de Loures pediu uma reunião urgente ao ministro da Saúde, depois de Manuel Pizarro ter confirmado que a urgência pediátrica do hospital do concelho vai encerrar à noite a partir de quarta-feira.

Ricardo Leão (PS) discorda do fecho "definitivo" desta urgência e, por isso, pediu uma reunião com caráter de urgência ao ministro com a pasta da saúde, proposta de encontro que aguarda resposta e que foi estendida aos autarcas de Odivelas, Mafra e Sobral de Monte Agraço, também concelhos servidos pelo Hospital Beatriz Ângelo.

"O que já fiz foi falar com todos os presidentes de câmara e enviei um pedido de reunião" ao ministro, indicou o presidente do município à agência Lusa, apontando para a necessidade de encontrar soluções para os constrangimentos no hospital, que tem também fechado, de forma rotativa com outros serviços no distrito de Lisboa, as urgências de obstetrícia.

O autarca disse não ter sido contactado a propósito deste fecho e que soube destas informações "pela comunicação social".

O ministro assumiu que a urgência pediátrica do hospital de Loures vai encerrar à noite a partir de quarta-feira. "É verdade que, no caso do hospital de Loures, o encerramento de uma parte dos serviços vai ocorrer mais cedo, apenas porque não há disponibilidade de profissionais", admitiu Manuel Pizarro em declarações aos jornalistas no final de uma visita ao serviço de urgência do Hospital Fernando Fonseca, na Amadora.

Segundo uma nota da administração da unidade divulgada esta tarde, a Urgência Pediátrica passa a funcionar apenas de segunda a sexta-feira, entre as 9h00 e as 21h00.

"Esta decisão transitória, acordada com a Direção Executiva do SNS e com o Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, decorre da dificuldade de preenchimento das escalas que, até ao momento, não foi possível ultrapassar", lê-se na mesma informação.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+