Tempo
|
A+ / A-

Barreiro sem urgência pediátrica noturna a partir de março, diz sindicato. SNS desmente

24 fev, 2023 - 19:00 • Lusa, com redação

Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde (SNS) garante que há negociações em curso e o encerramento noturno da urgência de pediatria do Hospital do Barreiro a 1 de março “não irá suceder”.

A+ / A-

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) disse hoje à agência Lusa ter tido conhecimento de que a urgência pediátrica noturna do Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) vai encerrar a partir de 1 de março.

De acordo com o presidente do SIM, Roque da Cunha, a administração do hospital convocou, na segunda-feira, uma reunião de emergência com o serviço de pediatria da unidade para comunicar a decisão.

Em declarações à Lusa, Roque da Cunha lamentou que os utentes da península de Setúbal estejam assim a ser tratados como portugueses de segunda uma vez que, na zona, já foram vividos momentos idênticos com encerramentos temporários da urgência pediatria do Hospital Garcia de Orta, em Almada.

O dirigente sindical alertou também que as urgências de pediatria são muitas vezes efetuadas por médicos sem essa especialidade.

A possibilidade da urgência noturna de pediatria do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, no distrito de Setúbal, vir a encerrar já tinha sido indicada à Lusa por uma fonte hospitalar, pelo que a Lusa questionou a Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde (DE-SNS) sobre o assunto.

Questionada pela Renascença, a Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde (SNS) garante que há negociações em curso e o encerramento noturno da urgência de pediatria do Hospital do Barreiro a 1 de março “não irá suceder”.

O gabinete liderado por Fernando Araújo diz estar em diálogo “com os responsáveis das unidades hospitalares e com os profissionais das mesmas, para assegurar as melhores condições possíveis de cuidados de saúde às populações”.

A Lusa questionou o Centro Hospitalar Barreiro Montijo, mas até ao momento não obteve qualquer resposta.

O Centro Hospitalar Barreiro Montijo foi criado em 1 de novembro de 2009 e integra o Hospital de Nossa Senhora do Rosário e o Hospital do Montijo.

Tem mais de 30 valências clínicas e uma área de influência que engloba os concelhos do Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, servindo uma população de mais de 219 mil habitantes, de acordo com os Censos de 2021.

Na quarta-feira, a Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro anunciou a realização de uma vigília, em 03 de março, em frente ao CHBM contra o encerramento de valências naquela unidade.

Em comunicado, a comissão de utentes explicava que todos os dias é sentido o desinvestimento crónico no Serviço Nacional de Saúde e que "diariamente surgem notícias que dão conta do estado em que este se encontra, a funcionar sem meios técnicos, materiais e humanos suficientes".

Há poucas semanas, explicava a comissão, veio a público a possibilidade de a valência de pediatria no Centro Hospitalar Barreiro Montijo começar também a funcionar em alternância, tal como acontece com obstetrícia.

A comissão referia-se a uma notícia avançada pela TVI no final de janeiro.

Nessa altura, a comissão de utentes questionou o conselho de administração do CHBM que disse desconhecer essa intenção, adiantando que "considera o Serviço de Pediatria um serviço necessário, fundamental e de proximidade dos utentes e das crianças dos concelhos servidos pelo CHBM".

[notícia atualizada]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+