Tempo
|
A+ / A-

Associação Nacional de Dirigentes Escolares

Diretores de escolas podem demitir-se por causa dos serviços mínimos

14 fev, 2023 - 10:42 • André Rodrigues , Ana Fernandes Silva

"Quando há um problema de dificil resolução, o Ministério da Educação costuma entregar aos diretores para que eles resolvam. Se correr bem, é mérito do Ministério. Se correr mal, é demérito dos diretores", desabafa o dirigente associativo Manuel Pereira.

A+ / A-

A Associação Nacional de Dirigentes Escolares admite que os diretores das escolas podem demitir-se por causa dos serviços mínimos

"A imposição dos serviços mínimos, que na prática são máximos, está a criar uma enorme pressão sobre os diretores das escolas", diz o dirigente Manuel Pereira, em declarações à Renascença.

"Tenho colegas que admitem entregar a direção da escola aos presidentes dos conselhos gerais", garante.

Manuel Pereria queixa-se de que "há muito tempo que, quando há um problema de dificil resolução, o Ministério da Educação costuma entregar aos diretores para que eles resolvam".

"Se esse problema correr bem, é mérito do Ministério. Se correr mal, é demérito dos diretores, porque não souberam aplicar as orientações", desabafa o presidente da Associação Nacional de Dirigentes Escolares.

Os diretores de escolas criticam a imposição de serviços mínimos e têm também dúvidas sobre como vão cumprir o acórdão nas escolas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+