Tempo
|
A+ / A-

Passagem de ano na Madeira com chuva que deverá ser forte na madrugada de domingo

30 dez, 2022 - 21:50 • Lusa

Segundo o IPMA, a chuva deverá ser "por vezes forte entre a madrugada e o meio da manhã" de domingo, tendo já sido emitido um aviso amarelo de precipitação (o terceiro mais grave).

A+ / A-

O fim de semana de passagem de ano na Madeira será de chuva, que deverá ser forte entre a madrugada e o meio da manhã de domingo, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em comunicado, o IPMA adianta que o estado do tempo no arquipélago durante o fim de semana será condicionado pela "aproximação e passagem de uma superfície frontal fria, associada a uma depressão centrada a oeste das ilhas Britânicas".

Assim, já para esta noite está prevista a ocorrência de precipitação, que aumentará de intensidade e de frequência na noite de sábado para domingo.

"Na altura da Passagem de Ano, a probabilidade de ocorrência de precipitação fraca é da ordem de 80%, em especial nas vertentes sul da ilha da Madeira e nas regiões montanhosas", lê-se na nota.

Ainda segundo o IPMA, a chuva deverá ser "por vezes forte entre a madrugada e o meio da manhã" de domingo, tendo já sido emitido um aviso amarelo de precipitação (o terceiro mais grave).

Quanto ao vento, o IPMA prevê que seja fraco a moderado do quadrante sul, soprando por vezes forte entre o final de sábado e o fim da manhã de domingo, "com rajadas até 75 km/h [quilómetros por hora] nas terras altas".

Relativamente às temperaturas, está previsto que se mantenham amenas até domingo, com a máxima "a variar aproximadamente entre 20 e 23°C, sendo entre 12 e 15°C nas terras altas". .

"A temperatura mínima deverá variar entre 15 e 18°C nas regiões costeiras, sendo entre 6 e 11°C nas terras altas", lê-se na nota.

O IPMA indica também que a agitação marítima deverá manter-se inferior a três metros de altura significativa, "com uma componente de oeste/noroeste".

Na Madeira, a noite da passagem de ano é assinalada com um grande espetáculo de fogo-de-artifício no anfiteatro do Funchal, que constitui um dos maiores cartazes turísticos da região e atrai milhares de pessoas, madeirenses e estrangeiros, à capital da ilha, sendo que este ano a ocupação hoteleira ronda os 100%. .

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+