Tempo
|
A+ / A-

Corpo de taxista desaparecido na ribeira de Odivelas encontrado no Barreiro

11 dez, 2022 - 17:28 • Redação

Foi encontrado o corpo do taxista que se despistou, durante a madrugada, na ribeira de Odivelas.

A+ / A-

O corpo do homem que tinha sido dado como desaparecido na madrugada deste domingo, na ribeira de Odivelas, na Póvoa de Santo Adrião, foi encontrado no Barreiro, distrito de Setúbal. A informação foi avançada pela RTP e confirmada à Lusa pelo comandante dos bombeiros locais.

“Infelizmente temos uma vítima mortal a lamentar. Foi encontrada na área do Barreiro”, concelho situado na margem sul do Tejo, explicou aos jornalistas presentes no local, às 17h17, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Odivelas, Nelson Viana.

Num comunicado divulgado ao fim da tarde, a Autoridade Marítima Nacional revelou que o corpo foi encontrado na praia de Alburrica, no Barreiro, depois do alerta dado pelas 16h30 através do proprietário do apoio desta praia.

À chegada ao local, constatou-se que se tratava do corpo de um homem, que ao que tudo indica era o condutor da viatura que caiu esta manhã na ribeira de Odivelas. O óbito foi declarado no local pelo Delegado de Saúde, tendo o corpo sido posteriormente transportado para a morgue do Barreiro pelos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste", lê-se no comunicado enviado.

Em declarações posteriores à Lusa, Nelson Viana lembrou que as "buscas no teatro de operações eram entre Odivelas e Sacavém", até ao Rio Trancão, Loures, acrescentando que não tem conhecimento de quem encontrou o corpo, mas que este foi depois reconhecido como o homem que estava desaparecido.

Com este desfecho, “a operação vai ser finalizada em breve”, disse o comandante.

Na sequência de um despiste na rua da Ribeira da Póvoa, num bairro localizado no Olival Basto, por volta das 02h38, um táxi caiu na água, sendo que um dos ocupantes foi resgatado com ferimentos ligeiros por agentes da PSP e transportado para o Hospital de Loures. Contudo, não tinha sido possível resgatar o taxista.

Um segundo despiste aconteceu uma hora depois, com o alerta dado pelas 03h40, sendo que o condutor do veículo, que estava alcoolizado, também foi retirado com ferimentos ligeiros e levado para o Hospital de Loures.

“O segundo carro foi mandado parar pela PSP”, indicou o presidente da Junta de Freguesia da Póvoa de Santo Adrião/Olival Basto, Rogério Breia, ordem que não terá sido cumprida e o homem, em vez de fazer marcha-atrás, avançou em direção à ribeira.

Esta tarde, as buscas pelo taxista tinham sido alargadas até ao Rio Trancão, em Sacavém (Loures), numa extensão que chega aos 15 quilómetros.

A estrada onde seguiam os automóveis é estreita e, no local onde se deram os despistes, não existe uma proteção para evitar quedas na ribeira, um tipo de acidente que já aconteceu antes.

Vários moradores ouvidos pela Lusa dizem ainda que é frequente passarem, à noite, naquela estrada, condutores alcoolizados que vêm de um bar existente no bairro e que, além de estreita, a via é pouco iluminada e lamacenta quando chove.

Contactado pela Lusa, o presidente da Junta de Freguesia de Póvoa de Santo Adrião/Olival Basto, Rogério Breia (PS), nega o registo de mais acidentes automóveis como os ocorridos esta noite.

“Houve em 2019 e estes agora de madrugada”, disse o autarca, admitindo que “vai ser analisada” a colocação de um “resguardo” na parte da rua que não está vedada.

Rogério Breia diz ainda que “é impossível” alargar o muro, pelo que vai ponderar outra solução que levará ao encurtamento da estrada.

[Noticia atualizada ás 19h54]

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+