Tempo
|
A+ / A-

Detidos dois suspeitos da morte de jovem modelo em Setúbal

09 dez, 2022 - 17:28 • Lusa

Um dos suspeitos fugiu para a Suécia, país onde foi detido.

A+ / A-

A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal deteve dois homens, de 39 e 27 anos, suspeitos da morte de um jovem modelo de 20 anos naquela cidade, anunciou hoje a força policial.

"A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, em inquérito titulado pelo DIAP de Setúbal, localizou, identificou e procedeu à detenção de dois homens de 39 e 27 anos, suspeitos de serem os autores do homicídio ocorrido no passado dia 27 de novembro, em Setúbal, que vitimou um jovem de 20 anos", indica a PJ num comunicado.

Segundo a Polícia Judiciária, naquele dia, os suspeitos abordaram um grupo de jovens, no qual se encontrava a vítima mortal.

No comunicado, a PJ explica que os suspeitos confrontaram o grupo "com imagens que exibiam num telemóvel, extraídas de um sistema de videovigilância, onde se encontravam vários jovens a efetuar aquisições num estabelecimento comercial".

"Na sequência dessa abordagem, um dos suspeitos obrigou um dos jovens a entrar numa viatura, enquanto o segundo desfere um golpe com arma branca que atinge outro, vindo este a falecer no hospital", lê-se no comunicado.

A PJ acrescenta que os suspeitos abandonaram de imediato o local, "raptando um dos jovens" e que, algum tempo depois, "regressaram ao mesmo local, onde o abandonaram, fugindo de seguida".

A Judiciária revela ainda que um dos suspeitos foi detido, em 2 de dezembro, no âmbito de um mandado de detenção emitido pelas autoridades suecas, "por factos praticados pelo suspeito naquele país".

O outro suspeito fugiu no dia 30 de novembro para a Suécia, país onde foi detido, no cumprimento de um mandado de detenção emitido pelas autoridades judiciárias portuguesas, aguardando-se a sua extradição.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Sara
    09 dez, 2022 Lisboa 19:11
    Quando é que fecham as portas? Nao podemos sair à rua, sempre com medo, vejam o que está acontecer na Dinamarca

Destaques V+