Tempo
|
A+ / A-

Tauromaquia

Forcado de Coruche morre num acidente em Angola. MNE português acompanha situação

21 nov, 2022 - 22:16 • Lusa

Rodrigo Malta morreu no sábado, vítima de um acidente de viação.

A+ / A-

Rodrigo Malta, um antigo forcado de Coruche, que se encontrava a trabalhar em Angola, morreu no sábado num acidente de viação, estando o Ministério dos Negócios Estrangeiros português está a acompanhar a situação e em contacto com a família.

O jornal online Notícias do Sorraia noticiou esta segunda-feira que o antigo forcado Rodrigo Malta morreu sábado, vítima de um acidente de viação, em Angola.

Na sua página na rede social Facebook, o Grupo de Forcados Amadores de Coruche também deu a notícia: “Hoje um dos nossos partiu para aquela que é a derradeira pega da vida. O Rodrigo ´aço` honrou com a maior das valentias a nossa jaqueta materializando com sua amizade e camaradagem aquilo que é ser forcado”.

Questionado pela Lusa, o MNE português informou que, “através do Consulado-Geral de Portugal em Luanda, está a acompanhar a situação, em contacto com a família e a entidade empregadora”.

O MNE indicou ainda que mostrou “disponibilidade para o apoio consular necessário, nomeadamente registo do óbito e emissão do alvará de trasladação”.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+