Tempo
|
A+ / A-

FENPROF não afasta protesto de professores à porta do Ministério da Educação

08 nov, 2022 - 20:39 • Redação

Mário Nogueira diz que o Governo quer acabar com os Quadros de Zona Pedagógica e deixar a contratação de professores entregue a conselhos locais de diretores.

A+ / A-

A FENPROF não afasta a hipótese de um protesto de professores à porta do Ministério da Educação, depois de ter saído insatisfeita da reunião com o Ministério da Educação.

À saída, aos jornalistas, Mário Nogueira diz que o Governo quer acabar com os Quadros de Zona Pedagógica e deixar a contratação de professores entregue a conselhos locais de diretores.

"Com prejuízo dos milhares dos professores que estão a centenas quilómetros de casa, mas não vão ter lugares", critica.

Em resposta, o ministro da Educação diz que a FENPROF está "a levantar fantasmas que não existem" nas negociações com o Governo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+