A+ / A-

PJ deteve três homens que tentavam introduzir em Portugal cocaína por via aérea

14 out, 2022 - 15:32

Em comunicado, a Polícia Judiciária refere que aos três detidos, entre os 24 e os 39 anos e dois deles residentes em Portugal, recaem fortes suspeitas da prática do crime de tráfico ilícito de estupefacientes. .

A+ / A-

A Polícia Judiciária deteve três homens que tentavam introduzir uma grande quantidade de cocaína em Portugal, tendo um deles transportado a droga de avião desde um país da América Latina "meticulosamente dissimulada junto ao corpo", indicou hoje a PJ.

Segundo a PJ, as detenções ocorreram na sequência de diligências desenvolvidas pela Polícia Judiciária após a deteção, por parte da Autoridade Tributária e Aduaneira, no aeroporto internacional de Lisboa, de "quantidade significativa de cocaína que um dos detidos transportou por via aérea desde um país da América Latina meticulosamente dissimulada junto ao corpo".

A PJ refere que os dois outros detidos tinham por missão rececionar o estupefaciente em Portugal e proceder posteriormente à sua posterior distribuição, estupefaciente esse que foi apreendido e que, caso tivesse chegado aos circuitos ilícitos de distribuição, seria suficiente para a composição de pelo menos 20.000 doses individuais.

A Polícia Judiciária refere ainda que os detidos foram hoje de manhã presentes ao juiz de instrução para aplicação das medidas de coação, que não foram ainda reveladas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+