Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19. Menos de 4 mil novos casos mas mais uma morte do que na última semana

07 out, 2022 - 19:49 • Lusa

A ocupação hospitalar e a mortalidade por Covid-19 mantêm-se em valores estabilizados em Portugal.

A+ / A-

Portugal registou, entre 27 de setembro e 03 de outubro, 14.852 infeções por Covid-19, 45 mortes associadas e uma ligeira redução dos internamentos, indicou a Direção-Geral da Saúde (DGS) esta sexta-feira.

Segundo o boletim epidemiológico semanal da DGS, em relação à semana anterior, registaram-se menos 4.729 casos de infeção, verificando-se mais uma morte na comparação entre os dois períodos.

Quanto à ocupação hospitalar em Portugal continental por Covid-19, o boletim indica que, na última segunda-feira, estavam internadas 395 pessoas, menos nove do que no mesmo dia da semana anterior, com 20 doentes em unidades de cuidados intensivos, menos seis.

A ocupação hospitalar e a mortalidade por Covid-19 mantêm-se em valores estabilizados em Portugal.

"A epidemia de Covid-19 manteve uma incidência elevada, com tendência estável. O número de internamentos por Covid-19 e a mortalidade específica apresentam uma estabilização", refere o documento da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

A DGS e o INSA recordam que, em 29 de setembro, o Governo decidiu não renovar a situação de alerta no território continental, fazendo ainda cessar a vigência de diversas leis, decretos-leis e resoluções aprovadas no âmbito da pandemia.

"Estas alterações irão influenciar a vigilância de base populacional e consequente interpretação dos indicadores apresentados neste relatório", refere a autoridade de saúde.

Já o índice de transmissibilidade (Rt) - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de cada pessoa portadora do vírus - apresentava um valor de 0,98 a nível nacional, mas Lisboa e Vale do Tejo, o Alentejo, o Algarve, os Açores e a Madeira estavam com este indicador acima do limiar de 1, indicando uma tendência crescente de novos contágios nestas regiões.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+