Tempo
|
A+ / A-

Governo e PSD "criam condições" para novo aeroporto avançar. Santarém é opção

23 set, 2022 - 18:17 • Ricardo Vieira

Líder do PSD reuniu-se com o primeiro-ministro e há acordo sobre total metodologia. António Costa disse que em avaliação estarão Alcochete, Montijo e outras opções, como Santarém. Obras na Portela vão avançar.

A+ / A-

"Estão criadas as condições para que o Governo possa avançar" com o processo do novo aeroporto de Lisboa, declarou esta sexta-feira o presidente do PSD.

Luís Montenegro falava aos jornalistas no final de uma reunião com o primeiro-ministro, António Costa, e com o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

PSD e Governo estão de acordo quanto à metodologia a utilizar no processo para encontrar a melhor localização para o novo aeroporto na região de Lisboa.

O líder social-democrata explica que a avaliação ambiental estratégica vai ser "conduzida com recurso ao meio académico e científico e, finalmente, que se possa autonomizar todos os custos e prazos de cada uma das soluções".

"Estão criadas as condições para que o Governo possa avançar nesta matéria e que, mais ou menos daqui a um ano, se possa tomar uma decisão final relativamente à localização e construção do novo aeroporto de Lisboa", destacou Luís Montenegro.

Não ficou marcada uma nova reunião entre PSD e Governo. Luís Montenegro refere que, "neste momento, o que era importante era que se definisse uma metodologia".

"Que não houvesse dúvidas relativamente ao contexto com que a solução de localização se devia desenhar e portanto, sobre a metodologia há uma convergência de posições que será agora materializada nos atos que o Governo irá tomar, que serão competências do Governo. A localização será conhecida no final deste processo quando houver avaliação ambiental estratégica”, frisou.

Questionado se tem uma localização preferida para o novo aeroporto, Montenegro remeteu para os trabalhos técnicos que vão agora começar.

"Se vamos fazer um estudo comparativo essa opção será legitimada se nós tivermos em conta aquilo que o estudo terá como conclusões”, declarou.

Santarém entre as opções, obras na Portela

O primeiro-ministro falou depois aos jornalistas, acompanhado pelo ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos. António Costa regista "com muita satisfação que foi possível obter uma convergência quanto à metodologia a adotar" para o novo aeroporto.

"Vamos agora contactar as diferentes entidades que contribuirão para a composição da comissão técnica e da comissão de acompanhamento que farão a avaliação ambiental estratégica e que deve estar concluída até ao final do próximo ano, de forma a que possamos ter uma decisão final e definitiva sobre esta matéria.”

António Costa afirma que "há múltiplas hipóteses, há múltiplos estudos já feitos, há muitas opiniões diversas e para o decisor político - seja quem está no governo ou na oposição - é fundamental ter uma informação técnica consolidada e sólida que nos permita a decisão política".

Questionado pelos jornalista, o chefe do Governo revelou que em cima da mesa da avaliação estarão mais opções além de Alcochete e Montijo.

"Relativamente às opções que vão estar em avaliação, vão ser mais do que essas [Alcochete e Montijo] e acolhemos uma sugestão do PSD de que a própria comissão, se assim o entender, possa proceder ela própria à avaliação de outras soluções que considere tecnicamente fundamentadas.”

A comissão técnica que vai trabalhar nas localizações do futuro aeroporto será anunciado num prazo de duas semanas, com António Costa a afirmar que “há urgência numa decisão nesta matéria" do aeroporto, com "o maior consenso político possível", porque esta é uma obra para servir o país durante várias décadas.

O Governo considera ainda que é fundamental avançar com obras de melhoramento do atual aeroporto Humberto Delgado, na Portela.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • EU
    23 set, 2022 PORTUGAL 19:59
    Obrigado Senhor fotógrafo pela foto que nos apresenta. Para quem DISSE que só conversava com o Primeiro Ministro e agora aparece de frente para OUTRO Ministro, não fica muito bem na FOTOGRAFIA. Aconselho-o a PENSAR antes de AFIRMAR( falar ).

Destaques V+