Tempo
|
A+ / A-

Porto

Sem-abrigo terá sofrido queimaduras por acidente sem intervenção de terceiros

22 set, 2022 - 18:50 • Celso Paiva Sol

A vítima, de 52 anos, foi encontrada numa rua do Porto, com queimaduras do segundo e terceiro grau em 3% do corpo. Investigação da Polícia Judiciária não encontrou indícios de crime.

A+ / A-

O caso do sem-abrigo encontrado com queimaduras numa rua do Porto terá sido um acidente, de acordo com as primeiras conclusões da investigação da Polícia Judiciária (PJ).

Fonte da Polícia Judiciária disse à Renascença que não houve intervenção de terceiros nesta situação que deixou o país em sobressalto.

A investigação realizada nas últimas horas conclui que terá sido um acidente provocado pelo próprio sem-abrigo.

Na origem da situação terá estado um cigarro mal apagado, que pegou fogo à roupa do homem.

A vítima, de 52 anos, foi encontrada na rua, na zona do Bonfim, com queimaduras do segundo e terceiro grau em 3% do corpo.

De acordo com fonte do Hospital de São João, contactada pela Renascença, o homem está internado na Unidade de Cirurgia Plástica.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+