Tempo
|
A+ / A-

incêndios

​Serra da Estrela. Autarcas vão pedir ao Governo que declare estado de calamidade

22 ago, 2022 - 06:24 • Núria Melo

Os autarcas dos concelhos mais afetados pelo fogo na serra da Estrela reúnem-se esta segunda-feira com o Governo e alertam que a estabilização pós incêndio tem de ser feita o mais rápido possível.

A+ / A-

Governo e autarcas da região da Serra de Estrela reúnem-se esta segunda-feira com a questão da declaração de estado de calamidade na região no topo da agenda de trabalhos.

O presidente da câmara da Guarda, Sérgio Costa, disse à Renascença que "é mais que evidente a degradação do parque natural", razão suficiente para "pedir ao governo que declare estado de calamidade".

O autarca alerta para a falta de água, devido à degradação dos solos e linhas de água.

"A estabilização pós incêndio tem de ser feita o mais rápido possível", refere Sérgio Costa, lembrando que a região fornece água para várias zonas, pelo que "é urgente recuperar a água".

Sérgio Costa espera que as medidas propostas pelo governo colmatem a destruição de milhões de euros. Olhando para a destruição do património florestal, das casas ardidas, da alimentação dos animais e dos prejuízos na agricultura, o autarca estima "que os valores rondem os milhares de milhões de euros".

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+