Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Fogo de Gouveia dado como dominado

19 ago, 2022 - 02:46 • Redação com Lusa

Os bombeiros conseguiram dominar as chamas ao início da madrugada desta sexta-feira. O fogo chegou a obrigar à evacuação de um parque de campismo.

A+ / A-

O incêndio que deflagrou na localidade de Nabais, concelho de Gouveia, pelas 15h40 de quinta-feira, entrou em fase de resolução pela 01h00 desta sexta-feira, cerca de 09 horas depois.

Informação confirmada à Renascença por fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, que remete para a manhã desta sexta-feira um balanço sobre eventuais danos e área ardida.

Este fogo obrigou à retirada de pessoas do parque de campismo do Curral do Negro, como medida de prevenção.

Em declarações à Agência Lusa, o vice-presidente da Câmara Municipal de Gouveia, Jorge Ferreira explicou que "as pessoas estão alojadas na residência de estudantes de Gouveia, mas só por uma questão de precaução, pois o fogo não destruiu nada”, referiu.

Jorge Ferreira adiantou ainda que, na mesma zona, o fogo esteve junto a um lar da Santa Casa da Misericórdia de Gouveia, mas que não houve necessidade de retirar os idosos.

"Junto ao parque ecológico de Gouveia [o fogo] também passou ao lado e não entrou no parque, felizmente. Temos lá um centro de ecologia e recuperação de animais selvagens. À volta ficou tudo ardido, mas a infraestrutura não sofreu qualquer dano", acrescentou ainda em declarações à Agência Lusa.

Pelas 02h20 permaneciam no local cerca de 220 operacionais apoiados por 65 viaturas, em trabalhos de consolidação e rescaldo, de acordo com as informações da página oficial da internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+