Tempo
|
A+ / A-

Candidaturas ao ensino superior sem erros? Há uma associação que ajuda

25 jul, 2022 - 10:40 • Fátima Casanova

As vagas no concurso nacional de acesso ao superior voltaram a aumentar, com destaque para os cursos de Educação Básica e 22 novas licenciaturas em ciências e tecnologias.

A+ / A-

As candidaturas começaram esta segunda-feira e são feitas exclusivamente online através do portal da Direção-Geral do Ensino Superior. Há mais de 54 mil vagas disponíveis nas universidades e politécnicos públicos e no momento de iniciar a candidatura é importante que os futuros universitários “já saibam minimamente o que é que vão escolher”, aconselha Eduardo Filho, presidente da associação Inspiring Future, que se dedica a orientar os jovens com vista ao futuro académico e profissional.

“É sempre importante que os estudantes tenham consciência das opções que vão colocar na candidatura”, sublinha este responsável, acrescentando que não pode ser “um momento de indecisão, como já vimos alguns a fazer: que é chegar ali e fazer qualquer coisa”.

Eduardo Filho admite que este “é sempre um momento de muita pressão, porque os jovens sabem que vão ter de tomar uma decisão e há muita incerteza”.

O presidente da Inspiring Future lembra que a pressão aumentou “especialmente nestes últimos anos” por causa da pandemia “em que algumas regras foram sendo alteradas”.

E quem tiver dúvidas?

Nesta segunda-feira, às 11h00, a Inspiring Future promove “um direto, nas redes sociais, para que os jovens possam estar à frente do computador com todos os documentos necessários e com a decisão tomada”.

O presidente desta associação diz ser importante fazer a “candidatura de forma acompanhada e sem erros, para que não seja esse erro técnico que impeça os jovens de seguir o futuro que querem”.

Para quem não conseguir acompanhar o direto, pode mais tarde consultar no Youtube.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+