Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Visita da ministra da Justiça ao Porto não passa por arquivo "com condições muito deficientes"

01 jun, 2022 - 22:30 • Redação

José Abraão, secretário-geral da Federação dos Sindicatos da Administração Pública não acredita que Ministra da Justiça esteja a evitar uma ida ao Arquivo Central do Porto.

A+ / A-
"É um espaço pequeno com processos em tudo quanto é sítio", descreve José Abraão. foto: DR
"É um espaço pequeno com processos em tudo quanto é sítio", descreve José Abraão. foto: DR
"Condições deficientes de atendimento", acrescenta José Abraão. foto: DR
"Condições deficientes de atendimento", acrescenta José Abraão. foto: DR
"Condições muito deficientes de funcionamento e de trabalho para quem lá desempenha funções", conclui José Abraão. foto: DR
"Condições muito deficientes de funcionamento e de trabalho para quem lá desempenha funções", conclui José Abraão. foto: DR
José Abraão acredita que a ida da Ministra da Justiça ajudaria a definir o futuro deste espaço. foto: DR
José Abraão acredita que a ida da Ministra da Justiça ajudaria a definir o futuro deste espaço. foto: DR

José Abraão, secretário-geral da Federação dos Sindicatos da Administração Pública, insurge-se contra a exclusão do Arquivo Central do Porto do "roteiro para a Justiça" da Ministra da Justiça.

O representante da Federação dos Sindicatos da Administração Pública fala num Arquivo com "condições muito deficientes de funcionamento", onde a ministra Catarina Sarmento e Castro deveria ir para "constatar a realidade" deste espaço.

"É um espaço pequeno com processos em tudo quanto é sítio, com condições deficientes de atendimento dos cidadãos e muito deficientes de funcionamento e de trabalho para quem lá desempenha funções diariamente", descreve.

A Ministra da Justiça e os Secretários de Estado da Justiça vão estar nas Conservatórias de Registo Civil do Porto e no Palácio Pestana na próxima semana. Contudo não irão ao Arquivo Central do Porto.

Face às características do espaço e à recusa da Ministra em visitar o espaço, José Abraão não acredita que Catarina Sarmento e Castro esteja a evitar uma ida ao Arquivo.

"Não quero acreditar que a Ministra esteja a evitar a visita. Daí o nosso apelo no sentido de que, estando no Porto, arranje um pequeno espaço de tempo para poder visitar as instalações."

José Abraão também mostra alguma expectativa que uma eventual ida possa definir um plano que passa pela recuperação e reorganização deste espaço.

"Era importante que a Ministra visitasse para haver uma posição clara relativamente àquele serviço. Se vai haver obras, se vai passar por outro tipo de alterações, se há movimentos. Pelo menos um olhar preocupado pela situação existente no Arquivo Central do Porto".

Contudo, e face ao referido pelo secretário-geral da Federação dos Sindicatos da Administração Pública, José Abraão optou por não contactar diretamente a Ministra, para "não interferir nas opções do ministério".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+