A+ / A-

Lisboa. Transportes gratuitos para idosos ainda no verão

27 mai, 2022 - 12:43 • Marta Grosso

Presidente da Câmara diz que, para os jovens, a gratuitidade deve começar no início do próximo ano letivo. A medida foi aprovada no início de maio.

A+ / A-

Carlos Moedas espera que, ainda antes de setembro, os transportes públicos em Lisboa passem a ser gratuitos para os maiores de 65 anos.

“Neste momento, o acordo está fechado. Vamos ter de implementar e aquilo que fiz foi pedir à TML [Transportes Metropolitanos de Lisboa] que o fizesse o mais rapidamente possível para aqueles que são os mais idosos”, afirmou o autarca aos jornalistas, nesta sexta-feira, à margem da assinatura do Acordo de Transportes Gratuitos entre a Câmara e os Transportes Metropolitanos de Lisboa.

O presidente da Câmara lisboeta quer “avançar mais rapidamente, porque estamos numa recuperação pós-covid e as pessoas precisam desta medida”.

Numa altura de recuperação da pandemia e a terminar o ano letivo, Carlos Moedas diz que a prioridade são as faixas etárias mais velhas e depois os estudantes

Com “os mais jovens, podemos começar no ano letivo e poderíamos começar, como normalmente, com os passes a partir de 1 de setembro até 15 de novembro. Mas, para os mais idosos, gostaria muito que a medida tomasse já corpo e fosse efetiva o mais depressa possível. Isso vai depender da capacidade operacional”, reforçou.

Segundo o acordo agora assinado, os transportes públicos vão passar a ser gratuitos a todos os residentes de Lisboa com idade superior a 65 anos, aos menores de 18 anos e aos estudantes do ensino superior até aos 23 anos.

A medida foi aprovada em assembleia municipal no dia 3 de maio.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+