Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. Marcelo defende prioridade da vacinação face a restrições

20 mai, 2022 - 12:09 • Beatriz Lopes , Marta Grosso

O Presidente da República comentou em Timor-Leste os desenvolvimentos em Portugal no âmbito da pandemia e da guerra na Ucrânia, com a expulsão de diplomatas portugueses.

A+ / A-

A prioridade é aumentar a vacinação contra a Covid-19, diz Marcelo Rebelo de Sousa, que vê nessa medida uma ação positiva, ao contrário do regresso do uso obrigatório de máscara.

“Eu devo dizer que prefiro respostas pela positiva a respostas pela negativa, isto é, respostas no sentido de aumentar a vacinação ser mais importante e de efeitos mais duradouros do que apenas aplicar restrições”, afirmou aos jornalistas à margem da visita a Timor-Leste.

O Presidente da República conta que, ao chegar a Portugal, “no começo da semana que vem”, possa “perceber o porquê de os especialistas terem proposto o que propuseram – alguns, pelo menos – e, por outro, lado os responsáveis sanitários terem entendido que essa não é a resposta”.

Marcelo refere-se ao regresso do uso da máscara em espaços fechados e aos testes gratuitos.

Noutro plano, relativo à guerra na Ucrânia e à decisão de Moscovo de expulsar cinco diplomatas portugueses, o chefe de Estado considera que a Rússia não foi “muito drástica”, tendo em conta que, em abril, Portugal expulsou 10. Sublinha ainda que Portugal pode ter sido menos sancionado pelo facto de o secretário-geral da ONU ser português.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+