Tempo
|
A+ / A-

Casamentos aumentaram em Portugal em 2021

18 fev, 2022 - 13:29 • Lusa

INE lembra que números devem ser lido tendo em conta as ""medidas decorrentes da contenção da pandemia tiveram impactos na vida dos cidadãos, onde se inclui a mobilidade e o contacto social".

A+ / A-

Portugal registou um aumento de casamentos em 2021, totalizando 29.045, mais 10.143 do que em 2020, segundo dados preliminares divulgados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em relação ao ano pré-pandemia, 2019, foram celebrados menos 4.227 casamentos em 2021, precisam os dados da publicação do INE "Estatísticas Vitais - Dados mensais".

"Em dezembro de 2021, celebraram-se 2.107 casamentos, o que representa um aumento de 40,6% (mais 608 casamentos) relativamente ao mês dezembro de 2020", adianta o INE.

Os dados referem que, em novembro e dezembro de 2021, celebraram-se, respetivamente, 1.627 e 2.107 casamentos, o que corresponde a aumentos de 32,8% e 40,6% relativamente aos homólogos de 2020 (mais 402 e 608, respetivamente).

O INE ressalva na publicação que "as medidas decorrentes da contenção da pandemia tiveram impactos na vida dos cidadãos, onde se inclui a mobilidade e o contacto social, pelo que os dados estatísticos relativos aos casamentos celebrados a partir de março de 2020 devem ser lidos neste contexto".

A informação foi obtida a partir dos dados do registo civil apurados no âmbito do Sistema Integrado do Registo e Identificação Civil (SIRIC) e foi recolhida até 15 de fevereiro de 2022.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+