Tempo
|
A+ / A-

Covid 19

Trabalhadores de creches, ATL e pré-escolar testados até 21 de janeiro

12 jan, 2022 - 19:56 • Lusa

Objetivo é prevenir infeções e garantir condições de segurança no arranque da atividade, depois das férias de Natal.

A+ / A-

Cerca de 35 mil trabalhadores de creches, pré-escolar, centros de atividades de tempos livres e amas vão ser testados à covid-19, revelou hoje o Instituto da Segurança Social (ISS).

A testagem em massa destes trabalhadores iniciou-se nesta segunda-feira e vai “abranger 35 mil pessoas em todo o país”. Segundo o ISS, o objetivo é “evitar surtos nos estabelecimentos de ensino dedicados à infância” e "garantir as melhores condições de segurança no arranque da atividade", após as férias de Natal.

Para a realização destes testes rápidos de antigénio, foi assinado um protocolo de colaboração entre o ISS e a Associação Nacional de Farmácias, que prevê a realização dos despistes do coronavírus SARS-CoV-2 pelas farmácias que aderiram ao regime de comparticipação.

Segundo os dados de hoje da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), um total de 1.246 farmácias estão a fazer testes gratuitos de despiste da covid-19, no âmbito da comparticipação do Serviço Nacional de Saúde.

A covid-19 provocou 5.503.347 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 19.181 pessoas e foram contabilizados 1.734.343 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+